Prescrição da cobrança não impede busca e apreensão do bem alienado, decide Quarta Turma

0
28

​A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) afastou a incidência da prescrição em ação de busca e apreensão de bens financiados com garantia de alienação fiduciária. Para o colegiado, a prescrição da pretensão de cobrança não implica a extinção da obrigação do devedor e não impede a recuperação dos bens por parte do credor fiduciário em ação de busca e apreensão.
REsp 1503485
Link da notícia:

Fonte: STJ