TRT-24 (MS): Corregedoria encerra correição destacando excelência dos serviços prestados

0
8

A edição da Corregedoria Solidária arrecadou 7,2 toneladas de alimentos para a Comunidade Mandela, que fica na capital Campo Grande.

Fachada do TRT da 24ª Região (MS). (Foto: TRT-24)

Fachada do TRT da 24ª Região (MS). (Foto: TRT-24)

24/6/2022 – Após uma semana de inspeção no Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (MS), o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Caputo Bastos, afirmou que ficou orgulhoso do trabalho que vem sendo desempenhado pelo tribunal. A fala foi feita na sessão de encerramento da correição ordinária do TRT-24, realizada na tarde desta quinta-feira (23), na capital Campo Grande.

“Esse tribunal caminha para uma situação quase ideal na prestação jurisdicional, porque se confia na Justiça do Trabalho. Acreditam, efetivamente, que aqui se soluciona de forma democrática, equânime e rápida”, disse. “O TRT da 24ª Região é um tribunal que está cumprindo a sua missão institucional de forma extraordinária”, completou.

Metas CNJ

O ministro avaliou, ainda, a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos, com foco em questões processuais e administrativas. Em 2021, todas as Metas Nacionais do CNJ foram cumpridas. No 1º grau, o TRT-24 (MS) obteve a melhor taxa de produtividade em todo o país no ano passado. Até abril deste ano, a segunda melhor taxa de produtividade no âmbito nacional.

No 2º grau, no que diz respeito à taxa de produtividade, o TRT-24 (MS), nos últimos três anos, manteve-se acima da média dos tribunais de mesmo porte e da média nacional. Os dados referentes aos anos analisados demonstram uma expressiva diminuição do prazo médio da chegada do processo no órgão competente até a prolação da decisão de admissibilidade do recurso de revista.

Conciliação

Outro destaque foi o percentual de conciliação líquida nos anos de 2020, 2021 e 2022 (até 30 de abril), que ficou acima dos tribunais de pequeno porte e da média nacional. O ministro Caputo Bastos elogiou o desempenho do Cejusc, não só pelos números de acordos, mas também pelos projetos sociais desenvolvidos pela unidade como os Jovens Mediadores e ODR TEC – ambos premiados pelo CNJ em 2021 e 2022, respectivamente – além do Café com o Cejusc. 

“A cultura da conciliação, de fato, se tornou a marca da minha gestão. Esse tribunal leva na mais alta conta o desenvolvimento da pacificação e da cultura da conciliação”, afirmou o presidente do TRT-24, desembargador André Oliveira.

Recomendações

Segundo o presidente do tribunal, a Administração tomará providências para ajustar as atividades que foram objeto de recomendações da corregedoria. “É possível perceber, de forma muito clara, o respeito e o reconhecimento dos avanços que esse tribunal tem empreendido em termos de gestão administrativa e judiciária”, disse. “Esse tribunal prossegue na sua marcha de aperfeiçoamento e de eficiência por conta das recomendações que são agora lançadas para o ano”, concluiu.

A Sessão de Encerramento da Correição Ordinária e Leitura da Ata foi transmitida pelo Youtube. Confira como foi:

 

Solidariedade

O corregedor também participou da entrega das cestas arrecadadas pela campanha Corregedoria Solidária às líderes da Comunidade Mandela. Foram arrecadadas 7,2 toneladas de alimentos até o final da tarde desta quinta.

Segundo o ministro Caputo Bastos, a ideia é lançada pela corregedoria-geral, mas são os regionais que devem abraçar o projeto. “O êxito não está na quantidade. A consequência exitosa já está alcançada, conseguir que vocês comprassem essa ideia”, disse ao comentar do carinho com que sua equipe conduz a campanha pela corregedoria-geral. “Hoje eu chego com esse corredor tomado e com outras ajudas que ainda estão chegando, me dá um orgulho, me dá uma alegria pessoal muito grande”.

A líder da comunidade Mandela, Greiciele Ferreira, agradeceu ao pelas doações da campanha. “O pouco se torna muito e tudo que é feito com amor, flui. Se hoje temos esse alimento para doar para a comunidade é graças à união. Eu agradeço a cada um de vocês, que Deus possa abençoar a cada um de vocês”.

Saiba mais: Corregedoria Solidária arrecada mais de 7 toneladas de alimentos em MS

Próxima correição

A Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho realiza a próxima correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (MA). A inspeção será realizada de 4 a 8 de julho.

Confira o calendário das correições ordinárias.

Com informações do TRT da 24ª Região (MS)

$(‘#lightbox-wgon_ .slider-gallery-wrapper img’).hover(
function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 0);
}, function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 1);
}
);
$(document).ready(function() {
var wgon_autoplaying=false;
var wgon_showingLightbox=false;
const wgon_playPauseControllers=”#slider-wgon_-playpause, #slider-wgon_-lightbox-playpause”;
$(“#slider-wgon_”).slick({
slidesToShow: 1,
slidesToScroll: 1,
autoplay: wgon_autoplaying,
swipeToSlide: false,
centerMode: false,
autoplaySpeed: 3000,
focusOnSelect: true,
prevArrow:
‘,
nextArrow:
‘,
centerPadding: “60px”,
responsive: [
{
breakpoint: 767.98,
settings: {
slidesToShow: 3,
adaptiveHeight: true
}
}
]
});
$(“#slider-wgon_”).slickLightbox({
src: ‘src’,
itemSelector: ‘.galery-image .multimidia-wrapper img’,
caption:’caption’
});
});


Fonte CSTJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here