Presidente do TSE defende estudo do fenômeno das fake news para minimizar impactos na democracia

0
5

Presidente do TSE defende estudo do fenômeno das fake news para minimizar impactos na democracia

Ministra Rosa weber durante abertura do Seminário Internacional Fake News e Eleições

Ministra Rosa Weber abriu nesta quinta (16) o Seminário Internacional Fake News e Eleições. Evento ocorre até amanhã (17), no Auditório I do Tribunal, em Brasília

Ao abrir o Seminário Internacional Fake News e Eleições na noite desta quinta-feira (16), a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, afirmou que “a sociedade deve estudar, compreender e acompanhar o fenômeno das fake news para que seja possível, ao menos, minimizar a sua esfera de influência na salvaguarda da lisura de exercício do bem maior, que é a democracia”.

O Seminário Internacional Fake News e Eleições é uma realização do TSE, com o apoio da União Europeia, e acontecerá até esta sexta-feira (17), no edifício-sede do Tribunal, em Brasília. Participaram da abertura do evento autoridades brasileiras, representantes de instituições estrangeiras, profissionais da imprensa e interessados no tema.

O encontro vai debater as implicações da disseminação de notícias falsas e seus efeitos no processo eleitoral e na sociedade. A ideia é discutir formas de impedir ou minimizar a divulgação de fake news nas Eleições Municipais de 2020, levando em conta a experiência adquirida durante o último pleito, em 2018.

Em seu pronunciamento, a presidente do TSE ressaltou que o seminário propõe um amplo debate sobre as notícias falsas no processo eleitoral e suas consequências deformantes da vontade dos eleitores, que diariamente são expostos a uma ampla gama de informações provenientes das mais variadas fontes, confiáveis ou não, com diferentes olhares e propósitos.

Veja mais

TSE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here