Prescrição para execução individual em ações civis públicas contra plano de saúde é de cinco anos

0
4

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reafirmou jurisprudência segundo a qual o prazo prescricional para cobrança individual em ações civis públicas contra operadoras de planos de saúde é de cinco anos. O colegiado manteve deci​são da relatora, ministra Isabel Gallotti, que aplicou entendimento no sentido de que, na falta de previsão legal sobre o assunto, utiliza-se o mesmo prazo previsto para as ações populares.

#TrabalhoRemoto

Fonte: STJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here