Polícia Civil do DF refuta reportagem sobre concurso do STJ

0
31

Polícia Civil do DF refuta reportagem sobre concurso do STJ

A Polícia Civil do Distrito Federal negou nesta segunda-feira (2) haver relação entre as prisões ocorridas no âmbito de investigações sobre fraudes em concursos e o certame do Superior Tribunal de Justiça (STJ), marcado para o próximo domingo (8). A informação foi veiculada pelo jornal O Globo na quinta-feira (29) e negada pelo próprio STJ, no mesmo dia.

Nesta segunda-feira, em resposta a um ofício com pedido de informações apresentado pelo tribunal, a Polícia Civil do DF reitera que jamais foi procurada pelo jornal ou pelo jornalista Ancelmo Gois para tratar do caso em questão. Ainda, a corporação esclarece que Hélio Ortiz, Antônio Alves Filho e Ricardo Silva do Nascimento foram presos em agosto e outubro de 2017, e não na semana passada, conforme publicado pelo colunista.

O delegado responsável pelas investigações, Adriano Valente, reforça ainda que o Cebraspe, responsável pelo concurso do STJ, já excluiu o suspeito investigado por fraudes em concursos de seus quadros e que a instituição vem colaborando com a Polícia Civil para a elucidação do caso.

“Não há, nas investigações em andamento, até o presente instante, qualquer indício de que o próximo concurso a ser realizado pelo Superior Tribunal de Justiça esteja sob risco de ser fraudado pela organização criminosa”, afirma Valente.

STJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here