📺 JJ2 – Reconhecida paternidade socioafetiva negada por cartório do MS

0
4

Conselho Nacional de Justiça autoriza mulher a ter nos documentos os nomes do pai biológico e do pai de criação. A decisão do CNJ foi tomada depois de cartório em Mato Grosso do Sul impedir o reconhecimento da paternidade socioafetiva.
Fonte: TV Justiça

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here