📺 JJ1 – Acusado de feminicídio vai participar do júri por videoconferência

0
1

O homem foi preso preventivamente após supostamente ter matado a esposa com três golpes na cabeça, utilizando uma tábua de cortar carne. Ele foi pronunciado pelo crime de feminicídio triplamente qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que dificultou a defesa da vítima. Ao analisar o caso, o ministro Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça, ressaltou que a matéria não pode ser apreciada pelo STJ, porque não foi examinada pelo tribunal de origem.
Fonte: TV Justiça

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here