GT finaliza minuta de resolução da Diretriz Nacional de Comunicação da Justiça Eleitoral

0
2

GT finaliza minuta de resolução da Diretriz Nacional de Comunicação da Justiça Eleitoral

Reunião GT Comunicação

Texto ainda passará por análise técnica e depende de aprovação da Administração do Tribunal Superior Eleitoral

Reunido nesta quarta-feira (4), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Grupo de Trabalho (GT) Comunicação finalizou o texto da minuta de resolução que trata das diretrizes estratégicas de comunicação da Justiça Eleitoral, com vistas às Eleições 2020, e do calendário de atividades para ano eleitoral e não eleitoral.  Agora, a minuta proposta será encaminhada à Administração do TSE para análise técnica e os devidos encaminhamentos.

A Resolução abrange procedimentos relativos à comunicação interna e externa, mídias sociais, atividades administrativas, estratégias de divulgação, marketing institucional, produção, publicação e gestão de conteúdos em seus diversos formatos. Também prevê, entre outros pontos, a criação de um Comitê Permanente de Comunicação, para promover a integração entre os tribunais e garantir a unidade das ações da Comunicação da Justiça Eleitoral.

A assessora-chefe de Comunicação do TSE, Ana Cristina Rosa, que coordena o GT, explica que o texto proposto traz alguns princípios que devem nortear os trabalhos das áreas de Comunicação da Justiça Eleitoral. “Entre eles estão elencados o interesse público, a sustentabilidade e a acessibilidade”, disse ela. Ana Cristina Rosa também destacou que “as áreas de Comunicação, como unidades estratégicas da Justiça Eleitoral, devem contribuir para o fortalecimento do processo eleitoral e da democracia, por meio de informações, campanhas e ações voltadas ao eleitor”.

O GT Comunicação é composto por servidores das Assessorias de Comunicação (Ascom), Gestão Eleitoral (Agel) e Gestão Estratégica e Socioambiental (Ages) e da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do TSE, além de representantes dos TREs do Pará, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Distrito Federal, como titulares; e de Rondônia, Maranhão, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Goiás, como suplentes.

Veja mais

TSE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here