Corte reprova as contas de 2013 dos partidos Avante e PHS

0
7

Corte reprova as contas de 2013 dos partidos Avante e PHS

Ministro Jorge Mussi durante sessão plenária do TSE

As duas legendas terão cotas do Fundo Partidário suspensas e terão de devolver valores ao erário

Durante a sessão de julgamentos na manhã desta quinta-feira (25), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por unanimidade, desaprovar as contas do Partido Humanista Social (PHS) e do Avante (antigo Partido Trabalhista do Brasil – PT do B) relativas ao exercício financeiro de 2013.

O relator da prestação de contas dos dois partidos foi o ministro Jorge Mussi, que detalhou as irregularidades apontadas pela Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa) do TSE e votou pela reprovação.

Em primeiro lugar, o ministro destacou que a prova do correto uso do Fundo Partidário requer apresentação de notas fiscais ou recibos que discriminem a natureza dos serviços prestados, com comprovantes idôneos, legíveis e que contenham a descrição específica do produto ou serviço compatível com o objeto social do fornecedor.

Avante

Veja mais

TSE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here