Constituição Cidadã – Um Novo MPF

0
6

Constitucional
10 de Setembro de 2019 às 20h55

Constituição Cidadã – Um Novo MPF

Documentário conta história da construção do novo Ministério Público, com a promulgação da Constituição de 1988

Foto do prédio da PGR cercado por ipês floridos


Foto: Antônio Augusto/ Secom/PGR

O filme “Constituição Cidadã – Um Novo” MPF reúne relatos de todos os membros da carreira que exerceram o cargo de procurador-geral da República desde 1989 para contar das tratativas que garantiram a independência do novo Ministério Público que se estruturou com a Constituição de 1988. As narrativas envolvem as ações que marcaram o trabalho da instituição ao longo dos últimos 30 anos.

O documentário tem pouco mais de 30 minutos e foi produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Procuradoria-Geral da República (PGR), em parceria com a produtora Chá com Nozes. O vídeo faz parte do Projeto MPF Cidadão 30 anos que, desde o ano passado, dá vida a mais de 40 ações e eventos nas diversas áreas de atuação do Ministério Público Federal e da Escola Superior do MPU (ESMPU).

Clique aqui e assista ao documentário no Canal MPF, no YouTube.

Cerimônia de pré-estreia – “A memória é essencial para a vida. A memória nos permite compreender onde estão os riscos e os perigos de cada uma de nossas condutas”. Com essas palavras, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, lançou o documentário em cerimônia realizada na última quinta-feira (5), na sede da PGR, em Brasília. A PGR ressaltou a importância da independência e da autonomia da instituição: “São requisitos necessários para a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. No Brasil, o Ministério Público é a instituição que aciona o sistema de freios e contrapesos e não permite que a hipertrofia de um poder oprima a sociedade”.

Secretaria de Comunicação Social
Procuradoria-Geral da República
(61) 3105-6400 / 6405

facebook.com/MPFederal
twitter.com/mpf_pgr
instagram.com/mpf_oficial
www.youtube.com/tvmpf


MPF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here