Campanha "Eu Sou Respeito" será lançada oficialmente em 14 de janeiro

0
2

Direitos do Cidadão
13 de Janeiro de 2021 às 17h5

Campanha “Eu Sou Respeito” será lançada oficialmente em 14 de janeiro

O site já está no ar com informações sobre a seleção de projetos que serão patrocinados com recursos supervisionados pelo MPF

Arte: Centro Universitário Metodista IPA/PRDC MPF-RS


Arte: Centro Universitário Metodista IPA/PRDC MPF-RS

A Campanha Eu Sou Respeito, do Ministério Público Federal (MPF), será lançada oficialmente no dia 14 de janeiro de 2021. No entanto, a população já pode conhecer algumas peças de divulgação no site http://www.eusourespeito.com, no qual consta o edital que prevê a destinação de mais de 200 mil reais para o desenvolvimento de ações que farão parte da iniciativa.

Com o apoio da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), com sede em Brasília, a campanha Eu Sou Respeito integrará o Projeto “Respeito e Diversidade”, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Além de congregar os projetos selecionados por meio do edital, a iniciativa contará com produtos de comunicação desenvolvidos em parceria com alunos dos cursos de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Metodista IPA. 

A idealização da iniciativa – A elaboração da campanha nasceu da falta de compreensão do diferente, com encerramento antecipado da exposição “Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”, em 2017. Após acordo, houve o pagamento de multa que será revertida a projetos de instituições, organizações e movimentos que lutam pelos direitos humanos. Elas têm de 14 de janeiro a 5 de março de 2021 para submeter os projetos para avaliação. O edital com as regras e critérios para utilização desses recursos foi lançado em 16 de dezembro de 2020.

A atuação do MPF a partir do encerramento da exposição em Porto Alegre, no entanto, já produziu outros resultados, incluindo a realização de uma nova exposição seguindo a temática da diversidade, e o financiamento de três edições da Parada Livre de Porto Alegre.

O lançamento da campanha e do edital de projetos ocorrerá na próxima quinta-feira (14), a partir das 17h30, no canal do MPF no YouTube, e incluirá uma edição especial do evento Lugar(es) de Fala, com o tema “Reflexões sobre o fechamento da mostra Queermuseu”. Participarão da atividade o procurador regional dos Direitos do Cidadão no Rio Grande do Sul, Enrico Rodrigues de Freitas, o procurador federal dos Direitos do Cidadão, Carlos Alberto Vilhena, o curador da exposição, Gaudêncio Fidelis, além dos artistas Gilda Vogt, Ana Norogrando e Fernando Baril, que integraram a mostra.

 

Com informações da Ascom/PRRS

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República em Pernambuco
(81) 2125-7348
[email protected]
http://www.twitter.com/mpf_pe
http://www.facebook.com/MPFederal



Fonte MPF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here