🍥 Boletim Justiça Agora

0
2

Presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins, decidiu deixar preso suposto líder de grupo especializado em golpes em leilões pela internet. A quadrilha é investigada por suspeita de crimes como estelionato, organização criminosa e lavagem de dinheiro. No pedido de habeas corpus, a defesa alegou que não teriam sido cumpridos os requisitos necessários para a decretação da prisão preventiva e que houve excesso de prazo na custódia cautelar. Mas, para o ministro, não foram demonstradas ilegalidades que justifiquem, neste momento, a concessão da liberdade.
Fonte: TV Justiça

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here